Estamos usando quantidades insustentáveis ​​de recursos naturais da Terra. Precisamos melhorar a taxa de produtividade dos recursos (“fazer mais com menos”) mais rápido do que a taxa de crescimento econômico. Esta é a noção por trás do “desacoplamento”.

    O relatório

      Baixe o relatório completo: EN
      Baixe o resumo para formuladores de políticas: EN  |  JA  |  SP
      Baixe o Informativo: EN  |  JA  |  RU
      Baixe a apresentação: EN

      Sobre este relatório

      Em 2050, a humanidade poderia devorar cerca de 140 bilhões de toneladas de minerais, minérios, combustíveis fósseis e biomassa por ano - três vezes o seu apetite atual - a menos que a taxa de crescimento econômico seja “desacoplada” da taxa de consumo de recursos naturais.

      Os cidadãos dos países desenvolvidos consomem uma média de 16 toneladas desses quatro recursos-chave per capita (variando até 40 ou mais toneladas por pessoa em alguns países desenvolvidos). Em comparação, a pessoa média na Índia hoje consome quatro toneladas por ano.

      Com o crescimento da população e da prosperidade, especialmente nos países em desenvolvimento, a perspectiva de níveis de consumo de recursos muito mais elevados está “muito além do que é provavelmente sustentável” se realizado, dados os recursos mundiais finitos, alerta este relatório do International Resource Panel.

      O mundo já está ficando sem fontes baratas e de alta qualidade de alguns materiais essenciais como petróleo, cobre e ouro, cujos suprimentos, por sua vez, requerem volumes cada vez maiores de combustíveis fósseis e água doce para serem produzidos. Melhorar a taxa de produtividade dos recursos (“fazer mais com menos”) mais rápido do que a taxa de crescimento econômico é a noção por trás da “dissociação”, diz o Painel. Esse objetivo, no entanto, exige um repensar urgente dos vínculos entre o uso de recursos e a prosperidade econômica, sustentado por um investimento maciço em inovação tecnológica, financeira e social, para pelo menos congelar o consumo per capita nos países ricos e ajudar as nações em desenvolvimento a seguir um caminho mais sustentável caminho.

      UNEP (2011) Dissociando o uso de recursos naturais e os impactos ambientais do crescimento econômico, Relatório do Grupo de Trabalho sobre Dissociação para o Painel de Recursos Internacionais. Fischer-Kowalski, M., Swilling, M., von Weizsäcker, EU, Ren, Y., Moriguchi, Y., Crane, W., Krausmann, F., Eisenmenger, N., Giljum, S., Hennicke, P ., Romero Lankao, P., Siriban Manalang, A., Sewerin, S.

      VÍDEOS

      Recursos adicionais

      Sabia que?

      60 bilhões de toneladas de minerais de construção, minérios e minerais industriais, combustíveis fósseis e biomassa são extraídos a cada ano

      9 toneladas por pessoa, por ano

      A pessoa média no mundo usa 9 toneladas de recursos a cada ano

      Mudança é necessária

      A dissociação exigirá mudanças nas políticas governamentais, comportamento empresarial e hábitos de consumo público

      Outros relatórios