Título do evento: Segunda Cúpula de Cidades e Regiões da UNEA: Inverta o Roteiro: Cidades e Natureza

Hora do evento: 23 de fevereiro de 2022 (12:30-18:30 EAT) - Verifique seu fuso horário

As cidades são os principais impulsionadores das mudanças climáticas e da degradação ambiental: elas consomem dois terços da energia do mundo e respondem por 70% das emissões globais de efeito estufa. Ao mesmo tempo, as cidades estão na vanguarda dos impactos climáticos. Até o final deste século, as cidades em todo o mundo podem aquecer até 4°C. Vinte e uma das 33 megacidades do mundo estão em áreas costeiras baixas, com quase 700 milhões de pessoas vivendo em áreas urbanas ou periurbanas a menos de 10 metros acima do nível do mar. As cidades também são altamente vulneráveis ​​a interrupções em suprimentos críticos, incluindo alimentos, energia e mobilidade. O consumo urbano de alimentos já é uma das maiores fontes de fluxos de materiais urbanos, carbono urbano e pegadas locais. Em 2050, estima-se que 80% de todos os alimentos produzidos sejam consumidos nas cidades.

Durante anos, a história das cidades tem sido um conto de tentativas de criar um lugar para os seres humanos fora da natureza, mas estamos percebendo cada vez mais que cidades inteligentes, sustentáveis ​​e resilientes precisam aproveitar o poder da natureza. A integração de soluções baseadas na natureza (NbS) no planejamento urbano torna-se crítica e requer esforços nos níveis subnacional e nacional. A natureza pode fornecer importantes serviços ecossistêmicos aos moradores urbanos, desde a construção de resiliência e redução de desastres e riscos relacionados ao calor extremo, até a contribuição para a adaptação e mitigação do clima e produção sustentável de alimentos. Para que as cidades façam as pazes com a natureza, precisamos projetar e redesenhar as cidades e a infraestrutura urbana com a natureza em mente.

Estrutura

A Cimeira será organizada em formato virtual, com quatro sessões centrais:

  • Abertura  (10h30-11h00 CET)

  • Sessão Temática 1 (11:00-12:30 CET): Soluções urbanas baseadas na natureza para combater os riscos climáticos e limitar o aquecimento global

  • Sessão Temática 2 (14:00-15:30 CET): Alavancando Sistemas Alimentares Sustentáveis ​​para Cidades Positivas à Natureza

  • Encerramento (15:30-16:30 CET): Como ampliar soluções para aproveitar o poder da natureza nas cidades e encerramento da Cúpula

Durante a segunda sessão temática, o International Resource Panel lançará seu Think Piece 'TPotencial para a Agricultura Urbana Avançar Múltiplos Objetivos de Sustentabilidade' e os acompanhados 'Guia para formuladores de políticas'.

A peça pensante fornece insights sobre a contribuição da agricultura urbana para a realização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Ele destaca as diferenças nas implicações do uso de recursos naturais, impactos ambientais e benefícios socioeconômicos das tipologias de agricultura urbana que estão sendo promovidas em cidades dentro de diferentes contextos de desenvolvimento econômico.

Inscreva-se no evento SUA PARTICIPAÇÃO FAZ A DIFERENÇA